Professores são agredidos em São Paulo

postado em: Notícias | 0

Prefeito de São Paulo João Dória (PSDB), não respeita manifestante

e manda usar força bruta contra professores 

 

Uma manifestação de professores bloqueia as vias na frente da Câmara Municipal de São Paulo, no Centro da capital paulista. Centenas de pessoas se concentram em frente à Casa onde nesta quinta-feira (15) será realizada uma audiência pública para debater a proposta de mudanças na Previdência Municipal.

Na quarta-feira (14), um protesto de professores terminou em confusão com a Polícia Militar jogando bombas do lado de fora e a Guarda Civil Municipal entrou em choque com manifestantes. Ao menos seis pessoas ficaram feridas.

O ato foi contra a reforma da Previdência de servidores municipais. De autoria da gestão de João Doria (PSDB), o projeto de lei pretende, entre outros pontos, aumentar a alíquota básica de 11% para 14%. O texto foi discutido e aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) nesta quarta.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 − 2 =