Massacre em Suzano

postado em: Notícias | 0

Essa semana aconteceu uma tragédia em uma escola na cidade de Suzano na grande São Paulo. Jovens estudantes e uma trabalhadora da escola, foram executados por 2 jovens que invadiram a escola e abriram fogo contra as pessoas. A tragedia só não foi maior porque ali estava a MERENDEIRA Silmara Cristina Silva de Moraes de 54 anos, que ao ver os acontecimentos, teve a frieza e a habilidade de uma mulher e mãe quando protege seus filhos. Abriu a porta da cozinha e começou a colocar o maior numero de alunos possível para dentro, trancou a porta e nesse momento teve a ideia de fazer com uma barricada com geladeira e freezer, além disso, pediu que as pessoas deitassem no chão para evitar de serem atingidas. Essa trabalhadora, assim como tantas outras da categoria de MERENDA ESCOLAR, recebe nossos cumprimentos pelo seu ato de bravura e sensibilidade, no qual evitou uma tragedia maior.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × cinco =